Estremadura: várias formas de desfrutar da região

Os recursos naturais da Estremadura transformaram-se, pouco a pouco, nos protagonistas da região quando se fala de turismo e é por isso que a sustentabilidade se tornou um fator cada vez mais importante. Isto implica criar novas experiências para os turistas, nas quais a natureza e a sua observação e conservação sejam as protagonistas.

56d30d9f5249ea6816558f7cd541fac8 tye ext15 hdr dp 071115 hospederia gata 003 copia 1024x575 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

A Estremadura na Bolsa de Turismo de Lisboa.

A Estremadura enfrenta os próximos anos a partir de uma perspetiva sustentável que impulsione os recursos naturais da região. Trata-se de oferecer ao turismo experiências em plena natureza, aproveitando os recursos disponíveis e, simultaneamente, protegendo-os. Este ano, a Estremadura teve uma forte presença na Bolsa de Turismo de Lisboa, o evento de turismo mais importante de Portugal, onde se mostrou tudo o que a região tem para oferecer.

Foi uma oportunidade para fomentar o crescente astroturismo e também a observação de aves, a par do turismo cultural e religioso e da gastronomia típica da zona. Além disso, apresentou-se a candidatura de La Siberia para que seja declarada Reserva da Biosfera. Esta zona pretende atrair o turismo internacional, reconhecendo o trabalho que se tem vindo a realizar desde há já alguns anos. Se este reconhecimento for alcançado, a Estremadura terá já sete lugares destacados pela UNESCO, lugares esses que fazem parte de um circuito cultural para que os visitantes da região fiquem a conhecê-los.

A Estremadura participou também na apresentação das ações turísticas levadas a cabo no âmbito do projeto da região EUROACE, no qual colabora diretamente com Portugal, concretamente com a região centro e o Alentejo.

Segundo os dados mais recentes, a Estremadura é a comunidade autónoma na qual mais cresceu o turismo estrangeiro durante 2017, com um aumento de 50%, quando no resto de Espanha se verificou 9%. Além disso, este aumento do turismo na região significou a criação de 26 000 postos de trabalho, algo que se quer melhorar no futuro, através de maior formação e da aquisição de aptidões para os trabalhadores do sector.

f0726139dc16c5aa47f34671f33b952e Villanueva del Fresno Embarcadero FIN logo jpg low 1024x576 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

Astroturismo: o turismo das estrelas

O astroturismo está a crescer cada vez mais como opção de férias entre as famílias com filhos, uma vez que une a natureza e a divulgação científica, oferecendo uma experiência completa. E para desfrutar dela, nada melhor do que o céu da Estremadura, onde a contaminação luminosa é muito reduzida devido à baixa densidade populacional. Se a isto somarmos a ausência de rotas aéreas, o agradável clima e a reduzida concentração de partículas, temos o sítio ideal para observar as estrelas.

O projeto no qual se integra este novo modelo de turismo foi designado “Estremadura, boa noite” e engloba, por um lado, a astronomia e, por outro, a chamada Economia Verde. A estes recursos juntam-se o valor paisagístico e também o património cultural e histórico, pelo que passar férias em família na Estremadura é uma experiência completa.

Para apoiar o astroturismo, a Junta da Estremadura impulsionou a rede regional de Miradouros Celestes, a certificação de Destino Turístico Starlight da Reserva da Biosfera de Monfragüe (Parque Nacional de Monfragüe), bem como a criação de uma rede de guias de astronomia e outros projetos relacionados com a observação do céu, tanto da parte de profissionais como de amadores.

Nestas rotas noturnas para ver as estrelas, acompanham-nos guias profissionais que não só conhecem muito bem o firmamento, mas também o terreno em que nos movemos, seja ele urbano ou natural.

785810966bba2ed5e2e4c41afec4eb2e baja VALLE DEL JERTE 006 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

 

Entre Encinas y Estrellas”: um alojamento ideal para o astroturismo

No município de Fregenal de la Sierra, na província de Badajoz, encontramos um alojamento totalmente preparado para oferecer uma experiência astronómica inesquecível. Encontra-se em plena zona rural estremenha, rodeado de azinhais, cujo céu escuro permite observações de grande qualidade.

Falámos com a Cristina que, juntamente com José Luis, Cindy e José Fernando, trabalha para levar este inovador projeto para a frente, com boas expectativas de futuro.

  • Como surgiu a ideia de criar o Entre Encinas e Estrellas?

Somos um casal que tinha investido num terreno em Fregenal, com um moinho de cereais, e tínhamos a intenção de desfrutar dele. Como um de nós é astrónomo amador, muitas noites íamos para o terreno com o telescópio, por vezes acompanhados de outros amigos astrónomos. Todos falavam da boa qualidade do céu. O José Luis (o astrónomo da casa) colabora com o Astrofísico das Canárias, conhece este mundo da astronomia e sabia da procura que há no mercado da astronomia de sítios escuros para se poder desfrutar do céu e decidimos aventurar-nos.

  • Qual foi a reação das pessoas da zona e de outros lugares de Espanha?

Em geral, a reação é boa. Cada vez temos mais clientes que vêm de mais longe. Começámos com pessoas de Sevilha, mas cada vez temos mais visitantes de Madrid e de outras regiões de Espanha. Apesar de estar fora de mão, as pessoas do norte de Espanha aproveitam as férias na praia para vir passar dois ou três dias connosco, seja na ida ou no regresso. Tivemos pessoas das Astúrias, do País Basco, de Leão… As pessoas daqui da zona também são positivas e reagiram com curiosidade, primeiro, e depois com entusiasmo, ao entenderem o alcance que pode ter.

  • Que benefícios traz o vosso projeto para a zona?

Queremos ver os benefícios em várias áreas, a curto e médio prazo. A curto prazo, estamos a transformar-nos num íman de turistas, tanto nacionais como estrangeiros, que vêm atraídos pela astronomia e que de outra forma certamente nunca pensariam vir para esta zona. Pusemos Fregenal de la Sierra no mapa da astronomia mundial. Já se fala do nosso projeto em vários fóruns. Todos os clientes que põem o seu telescópio acabam por vir conhecer o sítio. Quando chegam, ficam gratamente surpreendidos por esta zona e todos acabam por voltar de forma regular. Quando fazemos atividades temos a capacidade de mobilizar muita gente e já organizámos atividades em que enchemos hotéis em Fregenal.

  • O que é que oferecem ao turismo familiar de especial?

Todas as crianças estudam os planetas e o universo na escola. A nossa experiência com as crianças que cá vêm é que desfrutam muito e têm muita curiosidade. É uma atividade perfeita para fazer em família. Já tivemos pais que vieram porque queriam apoiar a curiosidade dos filhos. Adaptamos a explicação do céu ao nível de quem nos visita. Explicamos o céu à vista desarmada, de forma fácil e agradável, e depois também todos os objetos que se podem ver com o telescópio.

Duas das nossas casas são pensadas para famílias, com dois quartos, um com cama de casal e outro com duas camas de 90 cm. Também há sofá-cama, caso venha mais alguém, duas casas de banho, piscina cuja profundidade avança pouco a pouco (tipo praia)… As instalações, embora estejam num ambiente rural (com pedras e rochas e tudo) são perfeitas para serem usufruídas em família.

  • Como vê o futuro do astroturismo na Estremadura e em Espanha em geral?

A Estremadura tem uma vantagem competitiva forte ao nível do astroturismo relativamente ao resto de Espanha: a qualidade do céu e um clima favorável, que permite observar o céu ao longo de quase todo o ano. Se fizermos bem as coisas, podemos ter um grande futuro pela frente. Não nos esqueçamos de que quem vem de longe para desfrutar deste céu tem, geralmente, um nível de vida médio-alto, formação superior e possibilidade de deixar dinheiro nesta zona. Temos a oportunidade de nos transformarmos no melhor destino astronómico da Europa e, porque não, num dos melhores do mundo.

69b9867c326d5c1d75a813463745b1f5 Dolmen Alcantara 1 FIn Logo Low 1024x1024 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

 

Birding, ou o prazer de observar aves na natureza

Se as noites estremenhas são perfeitas para observar o céu e as estrelas, o dia é ideal para podermos sair de casa em busca de aves no seu habitat natural. As famílias podem aproveitar para fazer excursões e desfrutar de bonitas paisagens naturais e as crianças aprendem a observar as aves que nos rodeiam de forma respeitosa.

A Estremadura é um dos destinos europeus mais importantes para a observação de aves. Na região, pode-se chegar a avistar até 340 espécies de pássaros. Na verdade, 74% do território estremenho foi incluído no inventário de Áreas Importantes para as Aves de Espanha pela SEO/Birdlife, em 1995, sendo um caso excecional não só em Espanha, mas também em toda a Europa.

A região, com os seus campos e a sua vegetação mediterrânica, oferece um habitat que as aves aproveitam, algumas durante todo o ano e outras apenas na época da reprodução. Além disso, várias rotas migratórias atravessam o céu estremenho, fazendo desta zona uma área de descanso para as aves que procuram repouso e comida durante a sua longa viagem.

Na Estremadura podemos observar aves que estão em perigo de extinção, como a águia imperial ibérica, o sisão, a cegonha-preta, o tartaranhão-caçador, o abutre preto, o peneireiro-das-torres, o abutre-do-egito ou a águia-perdigueira. Para proteger as aves mais ameaçads e os seus habitats, a Junta da Estremadura criou 69 Zonas de Especial Proteção para as Aves (ZEPA), que incluem mais de um milhão de hectares de território. Há 19 rotas em toda a região, para que possamos desfrutar desta atividade ao ar livre em plena natureza com facilidade.

Todos os anos se realiza a FIO (Feira Internacional de Turismo Ornitológico), a feira mais importante do género no sul da Europa, que reúne não apenas profissionais e estudiosos das aves, mas também pessoas que gostam deste tipo de atividades na natureza. Situa-se no maravilhoso enquadramento do Parque Natural de Monfragüe.

Nesta feira participam inúmeras empresas, instituições e associações cujas propostas se unem a um workshop de contratação e a uma série de atividades que combinam o aspeto lúdico com o de divulgação. As famílias têm muito por onde escolher na FIO para ficarem a saber mais sobre as aves sem deixarem de se divertir: rotas adaptadas para crianças, workshops infantis (disfarces, cadernos de campo, comedouros para aves, marcadores de livros…), espetáculos de animação como marionetas ou magia…

Barco 1 1024x629 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

Barco por el Tajo”

Dentro do novo turismo sustentável que se promove na Estremadura, encontramos o projeto “Barco por el Tajo”, um novo projeto turístico que serve como ferramenta para potencializar o Parque Natural do Tejo Internacional. Esta zona, que antes era uma das menos visitadas da região, atualmente elevou de forma considerável o seu número de habitantes, superando até outras povoações das proximidades.

Falámos com Rafael Pintado, responsável por este projeto na Factor Ocio, para nos contar mais detalhes acera do “Barco por el Tajo” e a sua implicação com o turismo sustentável.

  • O que tem a costa interior da Estremadura para oferecer? Acha que é suficientemente conhecida?

A Estremadura é a região com mais costa interior de Espanha, aproximadamente uns 1500 km. Um terço da reserva de água do país encontra-se na Estremadura. Temos uma enorme quantidade de lagos, entre eles o segundo e o quarto maiores da Europa. Tudo isto é desconhecido e de facto, as pessoas ficam muito surpreendidas quando vêm nos cruzeiros, porque há zonas em que se tem a sensação de estar no mar.

panoramica 300ppp 1024x768 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

  • Que zonas percorrem os cruzeiros?

Os barcos percorrem vários espaços naturais e um deles é a Reserva da Biosfera de Monfragüe, um privilégio, uma vez que se pode atravessar o parque de barco. Além disso, nestas excursões há sempre um guia que explica a fauna e a flora que se vê e também a história de como se chegou a esses espaços. Também aproveitamos para transmitir os valores do respeito e proteção do meio ambiente.

  • Quais são os principais valores naturais mostrados nestes cruzeiros fluviais?

O cuidado, o respeito, a reciclagem… Deixamos bem claro que tudo o que deitamos fora acaba nos nossos rios, aliás do barco, às vezes veem-se objetos na água. Também damos importância à proteção e à conservação da fauna.

  • É uma atividade recomendada para famílias?

Sim, aliás recebemos muitas famílias que têm desde bebés até filhos adolescente e divertem-se muito com as atividades feitas a bordo durante a interpretação. Além disso, costumam combinar os cruzeiros com atividades em terra que também organizamos, para que desfrutem de um dia o mais completo possível, aproveitando o tempo ao máximo. Alguns barcos chegam até Portugal e isso chama a atenção das crianças, de repente estarem noutro país, com outra gastronomia, outro idioma…

  • Em que medida se cuida o meio ambiente com esta atividade?

Costumamos fazer jornadas de limpeza com as embarcações, para limpar as margens. Além disso, nas zonas em que navegamos há mais tempo, levamos a cabo um trabalho muito importante, uma vez que fazemos um acompanhamento das aves e informamos os reponsáveis do Meio Ambiente se houver algum problema. Algo que acontece com frequência são as ocupações de ninhos, quando por exemplo um grifo fica num ninho de uma cegonha-preta. Para terminar, também temos um papel importante ao nível da caça furtiva, pois dos barcos temos uma posição privilegiada.

Logos BTL 1024x142 Estremadura: várias formas de desfrutar da região

turismoextremadura.com

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *